<$BlogRSDURL$>

31.7.03

Queijo suíço no INE  

Nem quis acreditar quando li esta notícia publicada em diversos jornais, entre os quais, o "Correio da Manhã" . O Instituto Nacional de Estatística (INE) tem um buraco financeiro de 9 milhões de euros. Quem diria que a instituição que calcula tudo o que se pode contar no país sofre também do mais vulgar problema dos nossos dias. Ironia do destino...

O ministro da Presidência, Nuno Morais Sarmento, deu 60 dias à nova direcção, agora presidida por José Mata, para apresentar uma estratégia. O Governo espera soluções para os problemas do instituto. E nós também...

»»»

País real  

O Conselho de Ministros reúne-se hoje no Porto. Depois de Tomar e de Fronteira é a vez da "Cidade Invicta". Vou avaliar como positivo este gesto descentralizador. Se, de facto, o primeiro-ministro prefere o pais real ao pais político, então temos aqui um caso exemplar.

Vou entretanto esquecer as tricas e disputas que dividem Rui Rio e Luís Filipe Menezes. O Porto merece que esta reunião traga algumas medidas e respostas sociais e de combate ao desemprego. Esperar para ajuizar...

»»»

30.7.03

Blogdemocracia 

No blogdemocracia, partirei à descoberta de qualquer recorte ou impressão. A democracia foi feita para que cada um se sentisse tão importante como todos. Qualquer que seja o nosso voto, o que conta é que participemos. Cada um da forma que melhor entenda...

»»»

"Deontoblogologia" 

A Internet revolucionou a mais perfeita e simples forma de as pessoas contactarem e se aproximarem entre si: a Comunicação. Os "blogs" e os seu autores, os “bloggers”, estão decididos em re-inventar a democracia, pelo menos no modo de inter-relacionamento entre as pessoas.

Com os diários virtuais, os cidadãos podem canalizar quase instantaneamente o que quer que seja e dirigir-se a um universo quase infinito. As inquietações, as análises, as reflexões, os protestos, os humores e as ideias de cada um de nós podem facilmente dissipar-se através deste canal.

Novas tecnologias não significa ausência de limites. Todos temos o direito de nos exprimirmos livremente. Creio que o limite de cada "blog" é, pois, a consciência do seu autor.

Tiro o chapéu a todos os que fazem deste meio um espaço de enriquecimento da democracia, língua, cultura e identidade portuguesa (e lusofóna!). É caso para dizer: não perguntem o que é que os "blogs" podem fazer por vós, mas o que vós podereis fazer pelos "blogs"...

»»»

O BAPTISMO NA BLOGOSFERA 

Não se fala de outra coisa, à excepção de todas as outras coisas da vida: pedofilia, processo Casa Pia, défice, crise económica, Iraque...

Já ninguém quer saber das páginas da Net, ou do "email". O que está a dar é ter um "weblog". Isso mesmo: W – E – B – L – O – G ... (a palavra pronuncia-se, quase que se gargareja).

Agora que me tornei um "neoblogófito", ainda que em estado de desgraça, espero poder aparecer por cá as vezes que a agenda e a preguiça deixarem. E vou já contar à minha mãe que também tenho um. (Todas as mães deveriam incentivar - disse incentivar, não obrigar - os filhos a terem um "blog").

»»»


This page is powered by Blogger. Isn't yours?